Ir para o conteúdo

Prefeitura de Aparecida e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Aparecida
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
04
04 JAN 2022
EDUCAÇÃO, ESPORTE E CULTURA
FUNDEB: nova lei federal aprova o direito a divisão do excedente de 2021 e Aparecida publica decreto para o pagamento do abono para os profissionais da educação
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO

No último dia 30, o Prefeito Luiz Carlos de Siqueira, Piriquito, publicou o decreto que regulamenta a Lei Municipal nº 4.392, que autoriza o pagamento de R$: $4.249.000,00 (quatro milhões duzentos e quarenta e nove mil reais) em abono para os profissionais da educação de Aparecida.

O valor faz parte do excedente que pertence, ou seja, que sobrou em 2021 do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, conhecido como FUNDEB.

O Prefeito de Aparecida lembra que o FUNDEB é um conjunto de fundos, um total de 27, que estrutura a redistribuição de recursos destinados à Educação Básica.

“O principal objetivo do FUNDEB é, justamente, ser um grande cofre no qual disponibiliza dinheiro para manter o funcionamento das etapas da Educação Básica e a valorização dos professores e demais profissionais da educação. Portanto, nada mais do que justo dar a eles o que é de direito, afinal investir nos nossos profissionais da educação é também valorizar o desenvolvimento da nossa educação”, destacou Luiz Carlos de Siqueira, Piriquito.

O pagamento do abono salarial tem por objetivo cumprir a lei, sancionada no dia 27 de dezembro de 2021, e publicada no Diário Oficial da União, que altera prazos de regulamentação da Emenda Constitucional nº 108 (FUNDEB), entre outras questões, aprova o direito ao rateio das sobras do FUNDEB para os profissionais da educação.

“O abono é um cumprimento à legislação federal, na qual nos deu a possibilidade de fazer a remuneração com o recurso remanescente do FUNDEB, prezando sempre pela legalidade das ações promovidas pela Secretaria Municipal de Educação. É importante lembrar que contamos com o apoio da Câmara Municipal que de forma ágil aprovou a lei que permitiu o pagamento do benefício”, afirmou a Secretária Municipal de Educação, Adrielle Romain.

Têm o direito de receber o benefício os integrantes do Quadro do Magistério e os profissionais de funções de apoio técnico, administrativo ou operacional da Educação Básica do Sistema Municipal de Ensino, vinculados à Secretaria da Educação.

O valor pago é proporcional à jornada de trabalho, calculada com base no tempo de serviço do profissional na rede municipal, incluindo a data de ingresso no sistema municipal de ensino e o último dia letivo no mês de dezembro de 2021, sendo necessário ter no mínimo 2/3 de frequência individual.

Adrielle Romain aproveita para ressaltar que o abono trata-se de uma medida excepcional para o ano de 2021.

“Com muito cuidado e responsabilidade é preciso fazer primeiro uma avaliação anual das contas públicas para que ao fim qualquer decisão seja tomada dentro do que é permitido ou não, a cada ano, pela legislação. Porém encerramos 2021, ainda que com muitos desafios pela frente, mas com o grato sentimento de já ver os frutos do nosso trabalho por uma comunidade escolar mais valorizada, por uma educação cada vez mais efetiva e de qualidade”, finalizou a Secretária de Educação de Aparecida.

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa
Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia