Hino de Aparecida


Hino composto por ocasião da instalação, em 1º de abril de 1929, da primeira Câmara Municipal. Originalmente com arranjo para coral de quatro vozes mistas, recebeu instrumentação para banda feita pelo maestro Márcio Martins, em 1978.

O arranjo para banda conta com Requinta em Mi bemol; primeira, segunda e terceira Clarinetas em Si bemol; Sax tenor em Si bemol; Bombardino em Dó; primeiro, segundo e terceiro Trompetes em Si bemol; Trompas em Mi bemol e Fá; Baixos em Si e Mi bemol; Trombone; Tarol; Bumbo; Pratos e Caixa.

Letra: Padre Oscar Chagas CSSR
Música: Maria Annunciação Lorena Barbosa


I
Ufana, ergue-se Aparecida,
Cidade santa, vitoriosa,
Ao receber, dos filhos livres,
Do amor, a aura carinhosa

ESTRIBILHO

Aparecida é do Brasil
Recanto doce e primoroso
Sobre ele estende, a Virgem bela,
Seu manto santo e poderoso

BIS

Salve, salve,
Salve, salve,
Salve, salve, Aparecida!
Salve, salve, Aparecida!

II
O Santuário de Maria
É oásis santo de bonança.
A liberdade é o seu manto,
Bordado de ouro e de esperança.

ESTRIBILHO

III
Ser livre pode ser aquela
Que é, da pátria, a bela estrela
Iluminando os bons caminhos,
Que cantam glórias e riquezas

ESTRIBILHO


Enviar por e-mail Imprimir